O Pilates cada vez mais nos surpreende, e ao relacionar o método com as linhas da Fáscia  ele fica Ainda mais Fascinante por  seu olhar inovador sobre o  corpo humano.

A hipertensão atinge no Brasil 36 milhões de indivíduos adultos e contribui direta ou indiretamente para metade das mortes por doença cardiovascular. O Pilates pode atuar como tratamento não medicamentoso, mas é importante conhecer quais as recomendações que devem ser seguidas no que se refere as variáveis de treinamento para potencializar o tratamento.

Neste PilatesCast vamos falar um pouco sobre alguns aspectos da atuação do Instrutor de Pilates, que quando modificados podem tornar a vida desse profissional muito mais fácil e aliviar a sobrecarga que muitas vezes ele tem no dia a dia. Com essas modificações e uma maneira mais efetiva de trabalho, torna-se mais possível ter mais qualidade de vida e equilíbrio na vida profissional.

Todos os sistemas entram em um processo de deterioração no envelhecimento. Os sistemas que promovem o controle postural (ou equilíbrio) não fogem dessa regra: sistema visual, sistema vestibular, sistema proprioceptivos, músculos e sistemas nervoso central. Todos esses estarão alterados e merecem atenção especial quando o assunto é prevenção à quedas.

Os esportes tiveram um papel importante na construção do Pilates. E atualmente os atletas vem buscando o método com objetivos de melhora do desempenho esportivo, reabilitação e prevenção de lesões.
Podemos listar diversos benefícios do método como: melhora do tônus muscular, flexibilidade, coordenação motora, propriocepção, controle muscular, percepção corporal e correção dos desequilíbrios musculares.

estudo da fáscia tem avançado nos últimos 10 anos. E fáscia em movimento é algo inovador ,porém de forma conciente ou não ,Joseph Criou Fáscia em movimento no Método Pilates. E o conhecimento desses meridianos vai ser torna algo obrigatório em breve.